Bolsonaro assina Medida Provisória que isenta consumidores do Amapá da conta de luz

Foto: Isac Nóbrega/PR

O Presidente Jair Bolsonaro assinou, nesta quarta-feira (25), Medida Provisória que isenta do pagamento da conta de energia elétrica, pelos últimos 30 dias, os moradores das cidades do Amapá que foram afetadas pela falta de luz. A iniciativa é uma forma de compensar as perdas sofridas pelos amapaenses com a falha no abastecimento, iniciada no último dia 3. O fornecimento de energia foi normalizado nessa terça-feira (24).

“Alguns perderam o que iam vender naquele mês. Então ajuda um pouco. Sei que eles merecem muito mais, mas estamos fazendo o possível. E agradecemos ao parlamento brasileiro também, que já se mostrou favorável a aprovar essa Medida Provisória”, ressalta o Presidente.

A falha inicial no fornecimento de energia no Amapá ocorreu em um transformador que pegou fogo e foi totalmente destruído. A partir daí, as cidades passaram por um racionamento de energia. Inicialmente, o fornecimento foi retornando por meio de rodízio.

O Governo Federal criou um comitê de crise para apoiar as ações no estado

Na terça-feira (24), o abastecimento foi normalizado. Nesta quarta-feira (25), o Ministério de Minas e Energia informou que o fornecimento de energia ocorreu dentro da normalidade ao longo do dia, com atendimento de 100% da carga com todos os alimentadores energizados, sem necessidade de aplicação do rodízio pela Companhia de Eletricidade do Amapá.

No último sábado (21), o Presidente Bolsonaro esteve no Amapá para acompanhar as medidas para o restabelecimento total de energia no estado. Na ocasião, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, citou que o Ministério do Desenvolvimento Regional disponibilizou cerca de R$ 21 milhões, já na primeira semana dos problemas, para atender os mais carentes.

Deixe uma resposta