Bellucci embarca para Europa e tenta retomada no tênis

Foto: Fotojump

Thomaz Bellucci tenta iniciar uma retomada na sua carreira profissional. Atualmente o 289º no ranking da ATP, o paulista embarca para Portugal com auxílio da Confederação Brasileira de Tênis (CBT) para iniciar uma etapa de treinos e tentar atuar nos torneios da Europa, onde as competições profissionais já retornaram.

As últimas temporadas foram de sucessivas quedas para Thomaz Bellucci, que ainda conviveu com problemas nas costas e uma séria lesão no tornozelo em 2019. O ranking apenas traduz o momento complicado do paulista, que crê em uma oportunidade de se colocar melhor nos torneios após a pausa pelo coronavírus.

– Nos últimos anos eu vinha de lesão, chegava no torneio sem ritmo e os caras competindo toda semana. Isso é uma desvantagem. Agora, está todo mundo começando do mesmo ponto. Todo mundo está quatro, cinco meses sem competir. Todo mundo começando do zero. É uma possibilidade sim de voltar a ter bons resultados e conseguir passar pelos Challengers e voltar aos torneios grandes – disse Bellucci.

O projeto da CBT envolve, além de Bellucci, outros quatro tenistas de nível internacional do Brasil: João Menezes, já classificado para as Olimpíadas, Beatriz Haddad Maia e Carolina Meligeni. Todos buscando ganhar ritmo de partidas e aproveitar o circuito ainda com muitas baixas por conta da pandemia para alçar posições mais altas no ranking.

– Os primeiros torneios o importante é ganhar ritmo. E eu só vou conseguir ganhar ritmo quando avançar os torneios, fizer três, quatro, cinco jogos numa semana. Isso acaba te dando ritmo mais rapidamente. Se eu conseguir nas primeiras semanas ter um volume de jogo grande, isso vai me ajudar bastante no ranking também. Primeiro é tentar voltar ao top 200. Voltar aos Challengers e conseguir uma sequência. O ranking é uma consequência. Às vezese você está jogando bem e perdendo, então uma semana boa faz a diferença e dá um salto, acaba mudando muita coisa – afirmou Bellucci.

Os quatro tenistas vão treinar no Rio Maior Sports Centre, centro de treinamento situado a 75km de Lisboa. Quem comandará as atividades é o treinador André Podalka. Ainda não há uma definição de quais torneios os tenistas vão conseguir disputar.

Deixe uma resposta