Atlético Mineiro não vai liberar André e jogador vai cumprir contrato treinando sozinho

André apagou o emblema do Atlético-MG em montagem postada em redes sociais
André apagou o emblema do Atlético-MG em montagem postada em redes sociais

Agora é oficial: O atacante André não joga mais pelo Atlético-MG. O jogador está fora dos planos do técnico Diego Aguirre e vai treinar separado do elenco até o final do seu contrato, em 30 de junho. A decisão da diretoria foi tomada, após o atacante fazer uma provocação via Instagram.

O atacante publicou uma foto com a camisa de treino, mas sem o escudo do clube. Numa clara provocação à direção, que não facilitou sua transferência para o Corinthians.

O atacante rejeitou ser negociado com o futebol chinês nas últimas semanas, o que amenizaria o prejuízo financeiro do Atlético (o Galo pagou R$ 20 milhões pelo atleta). Além disso, o atacante rechaçou uma renovação contratual, já que tem acerto para defender o Corinthians a partir de 1º de julho, quando será oficialmente um jogador livre.

André disputou 81 partidas e marcou 32 gols, o atacante vai ter de cumprir os próximos meses de contrato treinando sozinho. O Corinthians tem interesse pelo jogador, mas o Atlético não está disposto a liberar o jogador.

“É evidente que isso é uma provocação, um motivo para justificar a saída. Tenho a filosofia que só joga no meu time, no Atlético, quem respeita torcida e quer ganhar. A questão não é mais dinheiro, nunca foi dinheiro, e mais que agora a questão é quem está a fim de fazer bom trabalho. Isso irrita como torcedor, mas não vou tomar medida precipitada, porque o que foi feito é um jogo, para desestabilizar, para desfocar, e um jogo para aparecer fora das quatro linhas”, comentou o presidente Daniel Nepomuceno.

Deixe uma resposta