Após cirurgias, Federer planeja disputar Aberto da Austrália em janeiro

O multicampeão Roger Federer está treinando sem dor depois de passar por duas cirurgias de joelho neste ano, e diz que pretende voltar ao circuito no Aberto da Austrália, em janeiro de 2021. O suíço de 39 anos chegou às semifinais em Melbourne Park no início deste ano, mas perdeu o restante da temporada depois de se submeter a uma segunda artroscopia no joelho direito.

“Estou no caminho certo”, disse o detentor de 20 títulos de simples de Grand Slam à revista de língua alemã Schweizer Illustrierte. “Estou voltando gradualmente, mas vou tomar o tempo que precisar e não quero colocar nenhuma pressão em mim mesmo. Só participarei de um torneio quando estiver 100% em forma”. E adiantou: “No momento, parece que minha volta poderá ser no Aberto da Austrália em janeiro.”

Embora tenha feito um progresso considerável na recuperação, ele diz que ainda não chegou ao ponto de treinar normalmente.

“Ainda não, mais de duas horas com a raquete não são possíveis no momento”, disse Federer, que atualmente é o quarto do mundo e viu Rafael Nadal igualar sua contagem de troféus de Grand Slam com sua 13ª conquista em Roland Garros neste mês. “Mas venho trabalhando minha resistência e força absolutamente sem dor há algum tempo. Não haverá mais operações”, garante.

Federer é indagado com frequência sobre seus planos de aposentadoria, mas disse que continuará jogando enquanto for prazeroso.

Deixe uma resposta