Após avanços, Schumacher pode voltar para casa no fim de agosto

2014-06-16t132839z_946092790_gm1ea6g1nhn01_rtrmadp_3_motorracing-schumacher-hospital_1
(Foto: Reuters)

O quadro clínico de Michael Schumacher tem apresentado melhoras consideráveis nas últimas semanas. Após sair do coma e ser transferido de Grenoble, na França, para um hospital em Lausanne, na Suíça, o heptacampeão da Fórmula 1 já se comunica com família por meio de movimentos dos olhos e poderá voltar para casa no fim de agosto.

De acordo com o jornal inglês “Daily Mirror”, o ex-piloto permanece paralisado, mas consegue se comunicar com a esposa, Corinna, e os filhos Gina-Maria, de 17 anos, e Mick, de 15 anos, com os movimentos dos olhos. Os médicos do hospital suíço acreditam que Schumacher poderá utilizar uma cadeira de rodas especial, controlada por movimentos com sua boca, nas próximas semanas.

A transferência de Schumacher para tratamento em casa só será possível por causa das boas condições financeiras de sua família. A recuperação do ex-piloto mobilizará fisioterapeutas, responsáveis por massagear as articulações atrofiadas pela paralisia, além de médicos, nutricionistas, enfermeiros e especialistas em neurologia. 

Além da possibilidade de poder dar continuidade à sua recuperação em casa, Schumi pode ser beneficiado por um inovador projeto comandado pelos médicos croatas Darko Chudy e Vedran Deletis, que estão desenvolvendo um microchip que poderá ajudar o ex-piloto a andar e falar novamente após o longo coma, provocado por um acidente de esqui no final do ano passado.

Deixe uma resposta