Após autorização do ministro, Doria barra futebol em SP

Foto: Divulgação

Em resposta ao posicionamento do Ministério da Saúde, que permitiu o retorno do público aos estádios – desde que autorizados pelos estados e municípios e com 30% da capacidade – o governador João Doria determinou que, em São Paulo, a medida não será adotada.

Segundo José Medina, coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus, mesmo que a capacidade do estádio seja reduzida, as pessoas se movimentam no local, de modo a causar possíveis aglomerações.

O Ministério da Saúde autorizou o retorno dos públicos após o recebimento de um protocolo de retomada, enviado pela CBF. A Pasta julgou os critérios técnicos apresentados no documento plausíveis para a retomada.

Deixe uma resposta