Antigo assessor de Lula supostamente envolvido com terrorismo

Foto: Revista Veja
Foto: Revista Veja

O jornalista Claudio Humberto revelou que um advogado muçulmano que mora em Brasília e teve sua casa invadida pela Polícia Federal em busca e apreensão de documentos sob suspeição de participação em atos de terrorismo foi funcionário da Casa Civil do governo Lula quando Dilma era chefe.

Claudio Humberto publica fotos do suspeito com Dilma amistosamente.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta