Adapte- se a uma cama boa, camaleoa!

Foto: Veja
Foto: Veja

Em entrevista à revista Veja, Marta Suplicy, senadora pelo Partido dos Trabalhadores, aparece nas páginas amarelas com o título “O PT traiu os brasileiros”. Na reportagem, ela diz que sai do partido para novos projetos e nega que não tenha mais espaço na sigla. Mas, o tom parece ser outro, de ressentimento. A loira parece esquecida. A candidatura de Fernando Haddad à Prefeitura paulistana confirmou isso.

Em relação ao ex-ministro da Educação, Suplicy é dura “Qual a marca dele? Ciclovia?”, dispara. Quem diria? A grande defensora está pulando da cama antes de ser atingida. De blazer vermelho para as páginas amarelas da Veja. Na verdade, sempre precisou de escadas, o seu impulso para novos votos tanto de direita como de esquerda “é a falta de ética e ideal do partido. Deveria mudar o nome também para Marta Smith. Ah! O sobrenome Suplicy ainda daá votos. Inteligentíssima.

A última representante do Partido dos Trabalhadores com o mesmo viés de pensamentos foi Marina Silva. Nas últimas eleições, lembramos que a candidata apoiou Aécio Neves, abraçados e de mãos dadas.

Mande seu e-mail para Ana Mária Aaron: anamarcia@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta