“Acho que tive uma vida muito rica”, diz Lucinha Araújo no De Frente Com Gabi‏

Foto: Carol Soares
Foto: Carol Soares

Neste domingo, 06 de julho, Marília Gabriela recebe Lucinha Araújo. Mãe do cantor Cazuza, Lucinha foi esposa de João Araújo, famoso empresário e produtor musical brasileiro. Hoje ela é responsável pela fundação “Viva Cazuza” e fala na entrevista sobre isso, sobre o musical dedicado à obra do filho, sua vida ao lado do marido e outros detalhes de sua trajetória.

Confira as melhores frases da entrevista:

· Minha vida nunca foi de tons pastéis, foram sempre cores vibrantes.

· Comecei a namorar o João (Araújo) aos 15 anos. Eu o ensinei a tocar violão.

· Sou afinada, cantava bem. Gravei dois discos mas tinha vergonha de me apresentar em público.

· Cazuza falava que uma mulher de um homem só é virgem.

· Fiquei casada 57 anos em altos e baixos e não me arrependo de ter perdoado (traições) porque eu era feliz, o amava.

· Não quero superar. Quero sofrer, falar dele. Quanto sinto muito a falta dele vou até a “Viva Cazuza”. (sobre a morte de Cazuza)

· Até os 14, 15 anos ele (Cazuza) era de ficar em casa lendo livros. Depois, mudou radicalmente.

· Eu perguntei na lata e ele (Cazuza) me respondeu: “sou bissexual, estou à procura da minha sexualidade”.

· Ele (Cazuza) disse que chegou a ficar incomodado com o carinho do público naquele momento. (sobre a notícia do HIV)

· A sociedade “Viva Cazuza” foi criada 2 ou 3 meses após a morte dele. Vou até lá todos os dias. É minha segunda casa, onde eu reabasteço as baterias.

· Acompanhei tudo, mas me meti só um pouquinho. (sobre o musical “Pro Dia Nascer Feliz”)

· Não me queixo. Acho que tive uma vida muito rica.

· Casamento é uma loteria. Sofri muito, mas também amei muito e fui muito feliz.

O De Frente Com Gabi vai ao ar aos domingos, 0h, logo após o Programa Silvio Santos.

 

Deixe uma resposta