Acesso a vídeos e fotos que mostram violência é restrito no Facebook

Foto: Divulgação/BBC
Foto: Divulgação/BBC

O Facebook começou a emitir alertas em vídeos postados na rede que são identificados como “chocantes e ofensivos”. A intenção é advertir o usuário antes do conteúdo ser reproduzido.

Os avisos impedem que os vídeos sejam rodados automaticamente no “feed” do usuário, precisando clicar na mídia, mostrando estar ciente do que vai assistir. Antes, qualquer vídeo era reproduzido sem a necessidade do clique.

Provavelmente, a medida foi tomada por conta da propagação do vídeo que mostra o policial francês Ahmed Merabet sendo executado à queima-roupa pelos atiradores responsáveis pelo ataque ao Charlie Hebdo, em Paris. A rede social já sofreu críticas por permitir vídeos com este conteúdo.

Deixe uma resposta