Abel Braga considera empate justo diante do Furacão no Maracanã

(Foto: Nelson Perez/FFC)

O Fluminense perdeu a chance de assumir a liderança isolada do Campeonato Brasileiro nessa terça-feira. Jogando no Maracanã, o tricolor apenas empatou diante do Atlético Paranaense por 1×1.

O técnico Abel Braga admitiu que o Flu merecia um resultado melhor, no entanto, pelas condições da partida, Abelão entendeu que o empate acabou sendo justo.

“O adversário tem mérito. Soube se defender”, resumiu.

Abel disse que enfrentar um adversário com um jogador a menos é sempre complicado. Para o treinador, o adversário jogou por uma bola e quase conseguiu vencer, quando Nikão teve a chance de fazer o segundo gol em contra-ataque bem encaixado.

“Campeonato Brasileiro é assim. É difícil ter 100% em casa”, comentou o comandante do Flu.

Sobre o lance que causou a saída do zagueiro Wanderson, atingido por Renato, Abel acredita que o árbitro acertou ao dar o cartão amarelo para o seu jogador, que, na visão do técnico, não teve nenhuma intenção de atingir o atleta do Furacão.

“Se eu fosse o Renato, não daria a bicicleta. Se eu fosse o zagueiro, não meteria a cabeça”, observou Abel.

O próprio Renato se defendeu em entrevista ao Premiere. “A bola subiu. Se ela subiu, estava em jogo. Infelizmente pegou. Peço desculpas a ele, mas é do jogo”, concluiu.

Deixe uma resposta