A poucos dias do julgamento do foro no caso das ‘rachadinhas’, Flávio Bolsonaro se encontra com Wassef

Foto: Jorge Faria/GloboNews

A três dias do julgamento no Tribunal Regional do Rio de Janeiro para definir a competência do caso das “rachadinhas”, o senador Flávio Bolsonaro e o advogado Frederick Wassef se encontraram nesta sexta-feira (22). Eles voaram juntos, de São Paulo para o Rio de Janeiro.

Wassef foi advogado de Flávio Bolsonaro no caso das “rachadinhas”, cujo pivô é Fabricio Queiroz, ex-assessor de Flávio na Alerj. Wassef foi obrigado a deixar o caso em julho de 2020, quando a Polícia Federal prendeu Queiroz na casa do advogado em Atibaia (SP).

Ao blog, na época, Wassef disse que Flavio e Jair Bolsonaro não sabiam onde estava Fabricio Queiroz. À Globonews, em 2019, Wassef chegou a dizer que não conhecia Queiroz.

Diante do episódio, Wassef foi obrigado a deixar o caso – e vinha dizendo que não mantinha mais relações com Flávio Bolsonaro. No Planalto, a ideia era afastar Wassef para evitar maiores desgastes para o presidente e seu filho.

Na próxima segunda-feira (25), os desembargadores deverão decidir se o processo envolvendo o filho de Bolsonaro (sem partido) e um suposto esquema de “rachadinha” volta para a primeira instância ou continua no órgão especial.

Nesta sexta-feira, a defesa de Flávio pediu ao STF a suspensão do julgamento marcado para segunda.

Deixe uma resposta