A péssima ideia de proibir doação de empresas a partidos políticos

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Não tem coisa mais idiota da política do que imaginar que proibir empresas de darem dinheiro pra campanha vai mudar alguma coisa.

Ao contrário, apenas vai mudar a legalidade mas não o fato.

A legalidade é que tem que ser legalizada.

Nos Estados Unidos existem as empresas de lobby, que são legais, que lutam pra que seus clientes tenham contratos com o governo ou seus projetos sejam aceitos pelo governo.

E estas empresas de lobby tem sua lucratividade igual qualquer outra empresa.

E estes lucros permitem que elas apoiem financeiramente este ou aquele candidato que a ajudou.

Não legalizar o lobby é igual não legalizar a prostituição e acreditar que por isto não existem mais prostitutas.

Não legalizar o lobby é igual não legalizar a venda de bebidas e acreditar que o povo deixa de beber.

Apenas a quem está no poder é que não interessa que as empresas possam dar dinheiro a político.

Sim, porque quem está no poder já tem a máquina que de um jeito ou outro acaba gerando condições de campanha.

E pelo que vimos na Petrobras este jeito é pegar dinheiro de fornecedores e empreiteiras.

Por isto que Dilma defende o fim de dinheiro de empresas pra políticos.

Parece que ela defende o fim do dinheiro legal porque o dinheiro de propina da Petrobrás que a mídia mostrou não foi ela quem investigou e descobriu.

Não se faz política sem dinheiro.

Candidato sem dinheiro não faz campanha de verdade.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta