A ida de Jô para o SBT e o dono mal informado da Globo

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Lembram-se de quando Silvio Santos contratou Jô Soares pra fazer o programa de entrevistas no SBT?

Pois é, já naquele tempo Roberto Irineu Marinho, filho de Roberto Marinho, e que hoje é presidente da TV Globo, já desconhecia o que acontecia dentro de sua emissora.

Quando Jô assinou contrato com Silvio e Silvio disse que Jô tinha assinado contrato, o próprio Roberto Irineu deu declarações dizendo que Jô tinha assinado renovação com a TV Globo.

Ou seja, sempre foi mal assessorado e continua até hoje.

Existe um detalhe que não foi contado nesta história.

Jô Soares era o produtor de um programa chamado Silveira Sampaio Show, que acontecia na TV Record de São Paulo, porque Silveira Sampaio teve que se mudar do Rio por uma briga com o então governador Carlos Lacerda.

E aqui em São Paulo o Silveira fazia um programa de entrevistas igual ao que Jô faz hoje.

Silveira Sampaio morreu e o Jô foi conversar com o diretor da TV Record, Paulinho Machado de Carvalho, pedindo pra ficar no lugar do Silveira Sampaio no show.

Paulinho pensou muito e achou que naquele momento o Jô não tinha maturidade pra isto e preferiu acabar com o programa.

Mas Jô jamais desistiu de ter um programa igual ao Silveira Sampaio e quando Silvio Santos, numa conversa casual com Jô, soube do sonho dele, fez a proposta pra ele ir trabalhar no SBT e realizar seu sonho ganhando bem mais do que ganhava na TV Globo.

E então Jô foi, embora tendo uma briga enorme com Boni, realizar seu sonho e criar excelente programa.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br