A empreiteira, a gráfica e a corrupção

Foto: Revista Veja
Foto: Revista Veja

O delator empreiteiro Pessoa está contando que a gráfica VTPB estava sendo usada para receber dinheiro dele para campanhas petistas.

Esta gráfica recebeu mais de 20 milhões de reais sem sequer ter sede gráfica.

A denúncia sobre a VTPB foi original de uma reportagem do site O Antagonista, de Diogo Mainardi.

Apenas depois da divulgação de Diogo é que a grande mídia foi atrás.

Ao preço de mercado, a gráfica que não tem sede gráfica recebeu o suficiente para realizar 368 milhões de panfletos.

A VTPB está numa pequena loja vazia no bairro da Casa Verde e nada de gráfica existe lá dentro.

O dono da gráfica VTPB é do irmão de um conhecido jornalista que foi assessor de Lula.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta