A disputa dos tucanos

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Muito estranho o que ocorre entre o secretário de segurança do Estado Alexandre de Moraes e o presidente da Assembleia ALESP Fernando Capez.

O secretário Alexandre, que no passado foi secretário de 4 secretarias ao mesmo tempo quando Kassab era prefeito, fez uma declaração de autoelogio pelo desempenho da polícia numa investigação de propina onde delatores acusam o presidente da Assembleia Fernando Capez de ilicitudes, coisa que Capez nega peremptoriamente.

Mas alguém deve ter falado alguma coisa ao secretário que logo depois tirou da tela o que ele tinha escrito.

A gente sabe que nos bastidores dos tucanos, tanto Alexandre quanto Capez querem ser candidatos ao governo em 2018.

Na posição em que está Alexandre deve ter certeza que o governador vai apoiar seu desejo.

E nos mesmos bastidores tucanos o que se comentava era que Capez nem era o candidato dos sonhos de Geraldo na Assembleia ALESP.

Até agora as acusações são de pessoas que teriam falado com fulano e beltrano que teriam dito que estavam a serviço de Capez.

Mas nenhum dos delatores disse que negociou com Capez.

Um assessor de Capez foi afastado e um assessor do governador Geraldo foi afastado.

Os assessores também negam ilicitudes.

Mas do jeito que isto está indo na mídia todo dia, pode deixar bem difícil a realização de sonho de governo se for este o sonho de Capez.

Futuro vai dizer.

Deixe uma resposta