A compra da rede Fasano e as melhorias necessárias no restaurante

Foto: Divulgação Fasano
Foto: Divulgação Fasano

A compra na última semana por 53 milhões de reais dos 13 restaurantes do Fasano por uma família de construtores e donos de shopping, mostra uma movimentação , mais uma , no mercado de luxo, que nos faz questionar o atual mercado.

Se o Fasano tivesse lucro real nos 13 restaurantes, dificilmente podemos entender esta venda, ainda mais pra quem não é do ramo.

Aliás a família que comprou os restaurantes, também construiu um shopping que carece de lucratividade dos lojistas dali.

Tipo assim, já que o shopping construído não é lá de grande lucratividade dos lojistas, vamos comprar os restaurantes do Fasano pra ver o que acontece.

O principal restaurante do grupo, o Fasano que fica dentro do hotel Fasano, tem poltronas no restaurante em que o cliente fica inclinado pra trás, contra todos os princípios de poltronas de restaurantes, pois o cliente precisa forçar posição pra frente pra degustar o alimento.

Também no bar deste restaurante que fica no hotel os sofás do bar tem uma espuma de densidade pífia e que faz com que o cliente sinta a madeira que fica debaixo da espuma.

E ainda se consideram de luxo no ramo da gastronomia.

Parece que o importante é o preço pois a satisfação do cliente não importa pra nada.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta