A coleção de erros do “Repórter Record Investigação”

Foto: Divulgação Record
Foto: Divulgação Record

O Repórter Record Investigação tem boa intenção e boa matéria mas carece de estratégia de TV aberta e de embalagem.

Vamos começar com um cenário totalmente equivocado.

O cenário em branco e vermelho feito com móveis que parecem desenhados exclusivamente para o programa erram nas cores e nos formatos.

O branco é muito interessante pra decorar sala de estar de hotel da praia, mas jamais pra ser abusado em uso num cenário.

E o vermelho que foi usado acaba chamando atenção aos objetos e não ao apresentador.

Se o objeto vermelho fosse a gravata do apresentador, então levaria ao centro das atenções o apresentador.

Quando o vermelho fica na cadeira e nos objetos de cenário, dispersam a atenção e tiram o centro da atenção que deveria estar no apresentador.

Não vou escrever aqui o cenário adequado porque a TV Record tem muita gente competente e que vai saber reverter a bobagem feita no cenário.

Tem muito mais.

O som do apresentador Domingos Meirelles está baixíssimo.

Domingos tem que ser apresentado com som adequado que demonstre que ele é o apresentador do programa.

Então o som dele tem que ser maior que o restante.

Quando ele entrar falando precisa que o som de sua voz esteja no grau certo de volume e não abaixo do volume.

Quanto às reportagens o caso é mais detalhado e precisa de mais elaboração de formato.

As matérias precisam ser editadas com maior participação do apresentador, maior presença dele em cena ou em voz de narração.

Isto não é difícil de se realizar desde que se tenha uma meta adequada ao programa.

Não adianta fazer um jornalístico seco, mesmo que bom conteúdo, se o formato não estiver adequado pra disputa contra concorrente num dia e horário que o concorrente que é o SBT tem bom ibope.

Precisa criar o formato certo e precisa ser logo.

De nada adianta esperar porque a cada semana que passa o atual formato errado se desgasta e tira ibope.

No SBT o povo tem dois programas personalizados, um do Ratinho e um da Patrícia.

Ou a TV Record faz um programa jornalístico que seja personalizado na figura do apresentador Domingos Meirelles, utilizando sua credibilidade e sua imagem, ou vai perder ibope pra Ratinho que tem um bom conteúdo popular neste dia.

Mande seu e-mail para James Akel : jamesakel@bastidoresdainformacao.com.br

Deixe uma resposta