1.173 espécies de animais estão ameaçadas de extinção no Brasil

Arara-azul-grande, uma das espécies que saíram da lista de ameaçados (Foto: Divulgação)
Arara-azul-grande, uma das espécies que saíram da lista de ameaçados (Foto: Divulgação)

Uma pesquisa divulgada pela ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira mostrou as novas Listas Nacionais de Espécies da Fauna e da Flora Brasileia Ameaçadas de Extinção.

O estudo revela que a quantidade de animais ameaçados de extinção aumentou. 1.173 espécies estão na situação de risco, divididos em três categorias: criticamente em perigo (CR), em perigo (EN) e vulnerável (VU). Em 2003 e 2004, anos dos últimos relatórios sobre o tema, 627 estavam nessas condições, porém, na época, foram avaliados 1.137 espécies, contra 12.256 da pesquisa mais recente.

Parte boa

O número é preocupante, mas o estudo mostrou um lado positivo. 170 espécies não são mais consideradas como ameaçadas. É o caso da baleia-jubarte e da arara-azul-grande.

Deixe uma resposta